Logo Prefeitura de Salvador

Comunidade da Santa Cruz ganhará amplo espaço de convivência e lazer

Foto: Betto Jr | Secom

A Prefeitura de Salvador dá mais um passo para a urbanização da comunidade do Pé Preto, situada na Avenida Nova República, no bairro de Santa Cruz. Uma ampla praça, com 6,1 mil m², será construída no local com o intuito de promover mais desenvolvimento, recreação, fortalecimento de vínculos e a convivência entre os moradores da região. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada no local pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado da vice-prefeita Ana Paula Matos e demais gestores municipais, na última sexta-feira (25).

O prefeito lembrou que foram realizadas diversas reuniões com lideranças, a fim de escolher o melhor para toda a comunidade: “Uma das demandas foi a implantação de uma praça que pudesse se somar ao campo de futebol e área de futevôlei. É mais uma etapa do que chamamos de Complexo Pé Preto, que envolve a reconstrução da Escola Municipal Anita Barbuda, o campo Três Corações e a praça, além do conjunto habitacional para os moradores daqui. A escola já está sendo demolida e vai ser ampliada, com investimento de R$8,5 mi e tudo o que há de melhor, sem deixar nada a desejar às unidades de ensino privadas de Salvador”.

A nova intervenção terá investimento de R$1,8 milhão e antecipa o projeto de requalificação urbanística e habitação popular que a Prefeitura, através da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), está elaborando para o entorno. A Praça do Pé Preto tem prazo de quatro meses para conclusão e prevê melhorias do campo de futebol de barro existente, através da execução de serviços como recuperação de alambrado e de traves, pintura, terraplanagem e colocação de tela de proteção.

Além disso, serão implantados uma nova quadra de areia para prática de vôlei e futevôlei, parque infantil com diversos brinquedos para a criançada, estação de musculação e academia da saúde equipadas com simulador de caminhada triplo, rotação diagonal e vertical triplo, multi-exercitador, remada sentada, esqui triplo e alongador com três alturas.

Para estimular a economia local, a Prefeitura construirá seis boxes para atividades comerciais. A praça também terá trechos em piso intertravado e em concreto, gramados e mudas de árvores, rampas de acessibilidade, sistema de drenagem, bancos e iluminação em LED.

Bruno Reis ressaltou ainda que a próxima etapa do Complexo Pé Preto envolverá o cadastramento dos moradores para o desenvolvimento de um projeto executivo para implantação do residencial. O processo durará seis meses e, em seguida, será realizada a licitação para construção dos imóveis. A iniciativa é semelhante ao realizado nos residenciais Guerreira Zeferina (Periperi), Loteamento Mar Azul (Tubarão) e Mané Dendê (Ilha Amarela).

“Quando iniciarmos o residencial todos aqui vão viver com mais dignidade, com saneamento básico e conforto. A comunidade daqui carece de um espaço de lazer e a gente precisava fazer essa grande intervenção. Vamos mudar a realidade de todos aqui como mudamos a de muitas outras áreas na cidade”, completou o chefe do Executivo municipal.

A presidente da FMLF, Tânia Scofield, explicou que a intervenção representa uma grande transformação para a comunidade, composta por mais de 300 famílias que vivem em condições de extrema precariedade. “As casas são construídas a partir de resto de material, sem água, esgotamento sanitário ou qualquer infraestrutura que garanta a mínima condição de vida digna. Então, vamos promover uma transformação nesse sentido de trazer mais dignidade para quem vive neste local”.

Obras visam melhorar drenagem e lazer em três localidades de Salvador

Duas obras foram vistoriadas na manhã desta segunda-feira (17), pelo prefeito Bruno Reis e gestores municipais, nos bairros de IAPI e Engomadeira. Drenagem, recuperação de canais, reforma de campos e construção de áreas de lazer são algumas das intervenções da Prefeitura em andamento nas localidades. Já no domingo (16), o prefeito autorizou a reforma do canal da Rua 1º de Janeiro, no bairro do Uruguai, onde há anos os moradores convivem com esgoto a céu aberto, com alagamentos em dias de chuva e a presença de animais peçonhentos e a água de esgoto invadindo as casas. 

No IAPI, a equipe vistoriou as obras de requalificação do Campo da Rocinha, tradicional ponto de encontro dos peladeiros de fim de semana da localidade. As obras estão sob a coordenação da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) e, dentre os serviços realizados estão a reforma do campo, colocação de alambrados, piso, traves e iluminação, com investimento de R$660 mil. 

“É mais uma obra importante, pois era um anseio antigo da comunidade ver este equipamento reformado para a prática de esportes. São mais de 2 mil metros quadrados, com a colocação de tela, refletor em LED e tudo que há de melhor para este tipo de intervenção”, declarou Bruno Reis. 

Morador da localidade há quatro décadas, o controlador de pragas Ivanilson das Virgens, de 41 anos, fala da estimativa de entrega do campo. “É um equipamento importante para os moradores da região. Quando chovia havia muito alagamento e lama. Hoje, com essa obra, a comunidade só tem a comemorar”, disse. 

Atualmente, Salvador possui 726 campos e quadras cadastrados, sendo que 491 já foram reformados e 77 seguem em obras. 

No canal da Rua São Francisco, em Engomadeira, o prefeito autorizou o início das obras e ressaltou a necessidade de proporcionar mais qualidade de vida à população. A intervenção terá investimento de R$432 mil, com prazo previsto de três meses para conclusão. 

“Esta é uma demanda antiga da comunidade. Aqui vamos realizar todo um trabalho de requalificação para melhorar a vida dos moradores, garantindo mais qualidade de vida e uma situação mais digna. É triste ver que as pessoas, infelizmente, ainda precisam conviver com esgotos, ratos e outros animais. É preciso mudar essa realidade”, disse o chefe do Executivo municipal. 

Já a requalificação do canal localizado na Rua 1⁰ de Janeiro, no Uruguai, está em fase de elaboração de projeto e deverá ser dividida em três etapas. A primeira se resume à desobstrução do canal, executado pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman). A segunda etapa trata da recomposição das placas de concreto, que cederam e deixaram o canal exposto. E, por fim, será executada a recuperação do canal, com urbanização, construção de praças e academias ao ar livre, como foi realizado no canal do Rio Paraguari.   

“A intenção é melhorar a qualidade de vida das pessoas que moram aqui, da mesma forma que fizemos no Subúrbio Ferroviário, na região do Mané Dendê e no Rio Paraguari, em Periperi, assim como na Rua Rosalvo Silva, em Pau da Lima, executando obras que seriam responsabilidade do Estado”, finalizou o prefeito.

Lagoa da Timbalada é mais novo espaço de lazer em Salvador

Um novo ambiente com plena infraestrutura urbana e em harmonia com a natureza, que passa a fazer parte da lista de espaços de lazer e contemplação da capital baiana. Este é o novo cenário encontrado ao visitar a Lagoa da Timbalada, um dos corpos d’água mais belos da capital baiana, que fica situado na comunidade Amazonas de Baixo, no bairro do Cabula. O local passou por requalificação e foi entregue em solenidade ocorrida na terça-feira (20), com as presenças do prefeito Bruno Reis e demais autoridades. 

O prefeito lembrou que a intervenção é um desejo antigo da comunidade e que Salvador ganha mais um cartão-postal. “Poucas pessoas da cidade conhecem este lugar, que é belíssimo. Aqui foi realizada uma grande obra de urbanização, com implantação de deque, equipamentos de lazer e recapeamento asfáltico. Agora, entregamos um belo ponto turístico para a comunidade, que há anos esperava esta intervenção. É um lugar para interação pública, convívio familiar e felicidade plena. É nossa intenção garantir o bem-estar e todo conforto possível para toda a população”, disse Bruno Reis. 

O lugar ganhou praça com parque infantil, deck para contemplação, quiosque, mobiliários urbanos como mesinhas para encontros e jogos, paraciclo e lixeiras, além de implantação da rede de drenagem. As obras foram coordenadas pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop), e o investimento foi de aproximadamente R$2,5 milhões. 

O paisagismo ao redor da lagoa também foi reforçado com a plantação de mudas de árvores, arbustos e gramado. Os passeios oferecem mobilidade adequada para deslocamento de deficientes visuais e pessoas com dificuldade de locomoção. 

Foto: Valter Pontes | Secom

Participação da comunidade – Esta é mais uma ação desenvolvida pela Prefeitura com o intuito de proporcionar mais qualidade de vida à população aliada à valorização ambiental na cidade. Elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) com a colaboração dos moradores, o projeto alcançou 1 mil m² de área e envolveu recomposição da via que dá acesso à lagoa, com pavimentação em piso intertravado. 

A requalificação atende a uma antiga reivindicação da comunidade Amazonas de Baixo, que está inserida em uma Zona Especial de Interesse Social (Zeis), sendo, portanto, uma área que apresenta precariedade de serviços de urbanos, em especial no que diz respeito a existência de um espaço público de qualidade. 

Lagoa da Timbalada

Intervenções viárias na Avenida Tancredo Neves estão 80% concluídas

A construção do mergulhão da Avenida Magalhães Neto está com 80% dos trabalhos concluídos. O canteiro de obras foi vistoriado, na manhã desta sexta-feira (8), pelo prefeito Bruno Reis e demais gestores municipais. Até o momento foram finalizados os trabalhos de pavimentação em concreto, e iniciados os processos de paisagismo e iluminação. De acordo com o chefe do Executivo municipal, a previsão é de que as obras sejam concluídas em agosto.

A intervenção faz parte do complexo de obras da Nova Avenida Tancredo Neves, orçada em torno de R$ 42 milhões. Será mais uma obra estruturante de mobilidade numa região crítica da cidade, que deverá proporcionar mais fluidez e dinâmica ao trânsito da região.

O pontilhão vai receber fluxo de veículos da Avenida Tancredo Neves para a Magalhães Neto, e de quem está na Magalhães Neto e quer ir em direção à Paralela, região do Salvador Shopping e Stiep, por exemplo. Com isso, deverá resolver o problema dos constantes congestionamentos na região.

A região também é foco de outras intervenções viárias, como a ponte sobre o Rio Camarajipe, entregue recentemente, e o pontilhão da Avenida Marcos Freire, em fase de licitação.

Ponte do Camarajipe – Concluída em maio deste ano, a Ponte sobre o Rio Camarajipe garantiu maior fluidez no trânsito da região, fazendo, por exemplo, o tempo de trajeto entre o Hospital Teresa de Lisieux e o Shopping da Bahia, na Avenida ACM, cair para uma média de quatro minutos nos horários de pico. Semanas antes da entrega da nova via, o mesmo trajeto chegou a atingir 17 minutos.

Requalificação Rua dos Adobes

Rua no Santo Antônio ganha nova pavimentação e drenagem

Foto: Betto Jr | Secom

A Rua dos Adobes, uma das principais vias do bairro de Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico, ganhou nova pavimentação e drenagem após obras realizadas pela Prefeitura. A cerimônia de entrega ocorreu nesta sexta-feira (1º), com as presenças do prefeito Bruno Reis e demais gestores municipais.

Um dos trechos que receberá o cortejo da celebração dos 199 anos da Independência do Brasil na Bahia, neste sábado (2), a via possui 950 metros de extensão e integra as ações de infraestrutura voltadas para a conservação e preservação do Centro Histórico de Salvador. 

Durante a entrega, o prefeito celebrou o fato de a obra garantir melhoria da qualidade de vida dos moradores da região. ” Esta obra que aqui entregamos chega para resolver um problema histórico dessa região da cidade. Além disso, ainda nesta manhã, estamos entregando toda a iluminação em LED do Centro Histórico”, declarou Bruno Reis.

O chefe do Executivo municipal ressaltou ainda que, nos últimos 18 meses, a região tem sido foco de diversas obras na região, que possui um rico patrimônio histórico e natural. Dentre elas estão a construção da Praça do Aquidabã, em andamento; a recuperação do Túnel Américo Simas, que liga o Aquidabã ao Comércio; a instalação da nova sede do Conselho Tutelar da Barroquinha e a instalação do Museu do Mar Aleixo Belov, que contou com apoio do projeto Revitalizar.

“Nos últimos nove anos, a administração municipal foi quem mais trabalhou por esta área da cidade, buscando conservar e, acima de tudo, apoiar a geração de emprego e renda. Assim, pudemos aumentar a autoestima, tornando a cidade mais ativa e alegre”, completou o prefeito.

De acordo com o superintendente de Obras Públicas (Sucop), Orlando Castro, a obra responde a um anseio antigo da população, garantindo mobilidade e bem-estar a todos que circulam pela via.

“É uma importante obra de infraestrutura, onde foi necessária a colocação de cerca 500 metros de tubulação para melhorar a drenagem, solucionando a questão dos alagamentos, além da requalificação asfáltica, com colocação de meio-fio em granito. Hoje, com a incidência das chuvas, percebemos que o trabalho foi bem executado”, avaliou.

Nova Avenida Tancredo Neves – 1ª etapa

Parque Pedra de Xangô

Pedra de Xangô: ancestralidade e cultura são celebradas em novo parque de Salvador

© 2022 Copyright: Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SEMIT)
Skip to content